Projeto da Fundação Stickel gera ensaio fotográfico sobre a cidade, com curadoria de Ana Mello

Mega estruturas, equipamentos urbanos, passarelas, a arquitetura ocupada no centro da cidade e a arquitetura das periferias. Estes são alguns dos pontos retratados por 12 alunos de um workshop gratuito e aberto à comunidade promovido pela Fundação Stickel com apoio do CAU/SP. O trabalho foi reunido em um ensaio com curadoria da fotógrafa Ana Mello, também responsável por ministrar o curso, denominado “Franz Heep: registro no centro e revelação na periferia”.

“A fotografia de arquitetura é considerada por muitos como uma área mais técnica da fotografia. Durante o curso tratamos das diferentes formas de representá-la e qual a importância desta fotografia na compreensão da vida das pessoas. Por isso a ideia de que os registros não acontecessem apenas no centro, mas em todas as regiões onde os alunos vivem e transitam”, afirma Ana Mello.

Os alunos registraram projetos de grandes nomes da arquitetura local, como Paulo Mendes da Rocha – com a Praça do Patriarca (2002) e o novíssimo Sesc 24 de Maio (2017), realizado em parceria com o MMBB –, Brasil Arquitetura, autores do projeto da Praça das Artes (2006) –, e Roger Zmekhol – Edifício Wilton Paes de Almeida (1968) –, entre outros, mas também a arquitetura das periferias e manifestações culturais típicas da urbanidade como o Grafitti.

Praça do Patriarca, de Paulo Mendes da Rocha, por Ana Carolina Gonçalves Freire; sede da Fecomercio, por Josemara Tourinho

Edifício Wilton Paes de Almeida, de Roger Zmekhol, hoje ocupado, no centro de SP, em foto de Yanca de Almeida Silva; A arquitetura na periferia, por Janaina Mara Teixeira Nunes

Fotos de Silvia Dutra de Faria e Diego Moreno Ribeira de Oliveira

Com intensa atividade de promoção da Fotografia, a Fundação Stickel realizou neste ano duas oficinas “Olhares sobre a Cachoerinha”, com o professor Lucas Cruz, cuja proposta visa utilizar a fotografia como alicerce para o desenvolvimento de uma visão observadora e reflexiva por parte do aluno, e torná-lo capaz de revelar detalhes do cotidiano do bairro em que vive, agindo como um agente transformador do próprio meio. Os ensaios foram expostos nos terminais e estações da CPTM, SPTrans e METRÔ.

O workshop com a fotógrafa Ana Mello é a contrapartida social de um projeto cultural com parceria de fomento do CAU/SP. Outro resultado é o livro “Franz Heep: Um Arquiteto Moderno”, de Marcelo Barbosa com fotos de Ana Mello, editado pela Monolito, cujo lançamento acontecerá no dia 7/12, no Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB), em São Paulo.

TomeNota:
Fundação Stickel
(11) 3083-2811 / 3083-7571
http://www.fundacaostickel.org.br/


<Voltar