A Federação Nacional dos Arquitetos e Urbanistas (FNA) lamenta profundamente a morte da vereadora do PSOL Marielle Franco ocorrida em decorrência de ataque de atiradores na noite desta quarta-feira (14/3) no Rio de Janeiro (RJ).

 

Ativista e militante das causas das cidades brasileiras e das mulheres, a socióloga esteve ao lado da FNA em evento promovido pelo CAU/RJ no dia 7 deste mês em alusão ao Dia Internacional da Mulher. Suas palavras e pensamento contundente foram eternizadas em reportagem publicada no site da federação.

Em um de seus últimos pronunciamentos, a presidente da Comissão da Mulher na Câmara Municipal do Rio de Janeiro conclamou a sociedade a debater as questões de gênero além do mês de março. “A perspectiva de gênero deve ser discutida, mas não apenas quando é comemorado do Dia Internacional da Mulher. Política também é esse lugar da identidade de gênero. Um lugar onde a mulher precisa estar na centralidade, um cenário condizente com 2018”.

Defendeu o fim da retórica no movimento feminista e lutou junto aos movimentos sociais contra a violência e corrupção. A FNA se solidariza com os familiares de Marielle Franco e exige que as causas de sua morte sejam elucidadas a fim de responsabilizar e punir os verdadeiros responsáveis por esse atentado à cidadania e aos direitos humanos.

Serviço:
FNA
(51) 3024-0626 / (61) 3347-8889
http://www.fna.org.br/


<<Voltar