Consagrado pela terceira vez com o Americas Property Awards, paisagista Marcelo Novaes projeta o interior paulista para o mundo

 

O paisagista Marcelo Novaes venceu a edição 2016 do prêmio internacional, na categoria Residencial Landscape Architecture, com o projeto paisagístico para o residencial de alto padrão EntreVerdes, em Campinas.

Com o paisagismo em seu DNA, o arquiteto paisagista Marcelo Novaes desenvolve seus projetos de modo que estes sejam atemporais, independente da estação do ano e com o passar dos anos. Seus trabalhos despertam a curiosidade, surpreendem, encantam pela beleza e completa sintonia com os preceitos sustentáveis. Tais características marcantes levaram o profissional a destacar-se no cenário internacional. Em 2016, Novaes foi premiado com o Americas Property Awards, na categoria Residencial Landscape Architecture, pelo projeto paisagístico desenvolvido para o residencial de alto padrão EntreVerdes, em Campinas, interior de São Paulo e que inclui também um trecho da via de acesso ao empreendimento, a Avenida Isaura Roque Quércia.

 

Essa foi a terceira vez que o profissional recebeu o consagrado prêmio internacional. Em 2013 ganhou com o projeto paisagístico do Condomínio Fazenda da Grama e em 2014 com o Haras Patente – ambos no interior paulista, o que contribuiu para destacar mundialmente a excelência do seu trabalho.

Marcelo Novaes leva a arquitetura paisagística a outro patamar ao entender que ela é construída pelo tempo. Assim, seus projetos são frutos de sua expertise para harmonizar diferentes cores, aromas, até mesmo pássaros e outros elementos, que se alteram dependendo da época, sem nunca deixar sua característica marcante.

No caso da avenida Mackenzie, concebida para ser um acesso até o empreendimento de alto padrão EntreVerdes, no distrito de Sousas, a própria via já é uma obra de arte a céu aberto. A avenida é uma das mais arborizadas do Brasil, tanto em números de espécies como na extensão do plantio. São 6,5 quilômetros de extensão de uma avenida, onde foram plantadas 360 mil mudas em sua forração total.

 

Um colorido natural de ipês amarelos, brancos e roxos faz parte do projeto e dá boas-vindas para quem se adentra ao residencial. O projeto do condomínio é uma continuidade do enorme jardim da avenida. “Foram desenvolvidos na mesma linguagem e quem passa por ali se sente protegido pela natureza”, detalha Novaes.

Para Marcelo Novaes o grau de dificuldade de elaboração do projeto EntreVerdes foi alto devido a localização ser nova na cidade de Campinas. O trecho da Avenida Mackenzie não existia e passou a ligar a Rodovia D. Pedro, nas proximidades do Shopping Iguatemi, ao distrito de Sousas.

Além dos 6,5 quilômetros de paisagismo da avenida, o profissional teve a responsabilidade de deixar ainda mais verde a área de 792 mil m² do empreendimento, onde plantou aproximadamente 120 espécies.

Jabuticabeiras e pitangueiras estão entre as frutíferas. O colorido fica por conta das lindíssimas primaveras, hibiscos, pau-brasil, e dos já mencionados ipês, além das árvores nativas. Esses últimos, na opinião de Novaes, têm tudo a ver com a região. “É uma das árvores mais incríveis do mundo”, diz. “Quem não se encanta com a quantidade exuberante de flores existentes em uma só planta?”, questiona.

“Na elaboração do projeto a prioridade foi a qualidade de vida do morador”, conta Novaes. “É um condomínio no campo, mas bem próximo da cidade”, explica. Ali o morador terá contato direto com a natureza, vista privilegiada do horizonte e contará com a praticidade de estar perto de grandes centros comerciais. Com quase 50% de sua área verde preservada, o condomínio conta com um completo clube: piscina para lazer, raia coberta, academia, salão de festas, espaço gourmet e uma área esportiva com quadras de tênis, campo de futebol e quadras poliesportivas, além de playground para diversas idades, pista de caminhada e áreas de descanso no jardim. No total, foram aproximadamente dois anos de trabalho, desde o início dos projetos.

O grande diferencial do EntreVerdes já é explícito quando o pedestre, o motorista ou ciclista – a avenida conta com uma ciclovia – passa pela avenida. “A pessoa é transportada para um lugar especial, um grande jardim diferenciado”, explica ele. “Quem passa por ali sente uma mudança impactante na paisagem.”, conclui.

“É muito gratificante receber o reconhecimento de profissionais que não têm vínculo algum com a cidade”, comenta Marcelo Novaes, único arquiteto paisagista que recebeu o prêmio em Londres, em dezembro passado.

“EntreVerdes Campinas veio com uma proposta diferente dos empreendimentos que existem na região. Com foco em inovação e integração com a natureza, desenvolvemos um local para que as famílias possam viver seus sonhos, construir uma história e fazer com que a vida no dia a dia seja mais leve e prazerosa. E o paisagismo foi um fator essencial para concretizar essa ideia. O Marcelo, com todo seu talento e maestria, integrou o meio ambiente de forma que os moradores tenham ainda mais prazer e vontade de voltar para casa no fim do dia”, afirma Valdemar Gargantini, CEO da Entreverdes Urbanismo.

As surpresas com esse projeto vão muito além do prêmio recebido. Projetada nos mínimos detalhes, a avenida está tornando-se referência em lazer na cidade, sendo considerada um parque linear. Todos os responsáveis pelo projeto ficaram surpresos com a quantidade de pessoas que passam pelo local aos finais de semana para aproveitarem a linda paisagem e praticarem exercícios.

Serviço:
Marcelo Novaes Arquitetura Paisagística
(19) 3296-4455
http://www.marcelonovaes.com