Skip to main content

CAU/BR recusa EaD

Conselho de Arquitetura recusará registro para estudantes de cursos a distância: esse campo de conhecimento exige relação presencial professor/aluno

O Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil decidiu recusar os pedidos de registro profissional de bacharéis em Arquitetura e Urbanismo formados em cursos na modalidade Ensino a Distância (EaD).

A deliberação, datada de 29 de março, baseou-se no fato do campo da Arquitetura e Urbanismo estar relacionado com a preservação da vida e bem-estar das pessoas, da segurança e integridade do seu patrimônio e da preservação do meio ambiente, com impactos diretos sobre a saúde do indivíduo e da coletividade. Leia+Mais→

CAU/SP critica EaD

Graduação em Arquitetura e Urbanismo via EaD não atende a legislação vigente

Geraldine

José Roberto Geraldine Junior, presidente do CAU/SP

Em dez anos, entre 2007 e 2017, o número de cursos de graduação de Ensino à Distância (EaD) saltou no Brasil de 18 para 2070, de acordo com dados levantados pela Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior do Ministério da Educação. No entanto, a depender do curso, há ressalvas sobre a qualidade do ensino ofertada dentro dessa modalidade. Para o Conselho de Arquitetura e Urbanismo, o ensino à distância tem o potencial de agravar ainda mais o já combalido sistema de ensino brasileiro. Leia+Mais→