Mostra, que abre no dia 27 de abril e fica em cartaz até 23 de junho, apresenta Gregori Warchavchik, revolucionário da arquitetura e criador da primeira casa modernista em São Paulo

Gregori Warchavchik

Gregori Warchavchik à frente da casa da rua Santa Cruz

Quando publicou um manifesto rompendo com a arquitetura eclética paulistana, fazia quatro anos que o imigrante judeu ucraniano havia chegado ao Brasil, depois de trabalhar para o arquiteto neoclássico Marcelo Piacentini, na Itália. Um par de anos depois, ele construiu a primeira casa moderna brasileira, no bairro Vila Mariana.

A nova mostra da série Ocupação, abre no dia 27, no Piso Térreo do instituto, como é tradição, e apresenta a trajetória deste arquiteto. Um recorte da mostra se estende até a Vila Mariana para ser exibido no Museu Lasar Segall, outra casa projetada por ele. Leia+Mais→