Skip to main content

Ameaça ao estudo das cidades

Governo reduz verbas. Apenas um em cada dez cursos de Arquitetura e Urbanismo existente hoje no Brasil é custeado com recurso público

AU

E a tendência é que o interesse estatal pelo estudo e por pesquisas relacionadas ao planejamento das cidades – o que poderia ser visto como ferramenta para redução de desigualdades e até da violência – siga a correnteza da educação nacional, que enfrenta cortes superiores a 30% no governo Bolsonaro.

O recente anúncio de redução de repasses federais a universidades é um dos principais temores dos dirigentes que estão à frente das instituições públicas de pesquisa e graduação em Arquitetura e Urbanismo. “O que o governo está fazendo só vem trazer um atraso para o país. Leia+Mais→

UFSCar transforma bagaço da cana em areia

Pesquisa da UFSCar transforma resíduo da queima do bagaço da cana em areia para construção civil. Entre as vantagens estão maiores durabilidade e resistência do concreto; trabalho recebeu prêmio de excelência em pesquisa da Capes
areia

Os pesquisadores Fernando e Almir e o novo produto para utilização em concretos

O bagaço é um dos principais resíduos do processamento da cana-de-açúcar; é um poluente ambiental quando descartado de modo inadequado na terra ou próximo a rios. Uma das maneiras mais comuns de reuso deste material é a queima em caldeiras, gerando energia para a própria usina. Porém, essa queima gera um outro resíduo, conhecido como areia da cinza do bagaço de cana-de-açúcar (ACBC). Por não possuir nutrientes, esse resíduo também configura um sério problema ambiental. >>> Leia mais Leia+Mais→